[Filme] Aladdin - Live Action

14:26



De todos os live-actions da Disney, esse com certeza foi o que eu estava mais ansiosa porque era minha animação favorita na infância. Inclusive fiquei bem assustada de ouvir algumas pessoas falando que nunca assistiram O Retorno de Jafar, Aladdin e os 40 Ladrões e/ou a série animada.


O início do filme me deixou um pouco confusa já que apresentou Aladdin e Jasmine juntos muito rapidamente, mas logo em seguida parece se ajustar nos trilhos.

Com exceção do Will Smith eu não conhecia nenhum dos atores e olhando as características físicas deles pode-se entender que deram uma atenção especial a seleção, juntamente com a direção de arte e figurinistas, para que fosse condizente com universo em que a história se passa. Ao assistir o filme é nítido que habilidades canto e de dança dos atores foram muito bem avaliadas.

Robbins Williams (Gênio original) foi um grande ator e confesso que nos primeiros boatos do live action não estava conseguindo imaginar quem seria o eleito para carregar esse peso. Até que anunciaram o Will Smith e foi nesse momento que eu soube que o filme ia dar certo. Ele é carismático, engraçado, canta, dança e com certeza Robbins Williams deve está se sentindo lisonjeado por esta atuação PERFEITA!


São inevitáveis as comparações com o filme original principalmente quando você olha para o Tapete Mágico, que faz parecer que ainda estamos dentro da animação. Mas o Aladdin parecia um tanto apagado para um papel principal. Ao lado do Will Smith (Gênio), um artista de peso, e da Naomi Scott (Jasmine), que executou seu papel de princesa que sabe ser forte e delicada ao mesmo tempo com perfeição, parecia que o Aladdin sumia da tela. Mena Massoud só me convenceu como protagonista enquanto ele estava cantando ou dançando. 

O Jafar estava bem menos hostil do que na animação e o seu desejo por poder parecia mais uma frustração com o passado do que ganância. Sendo assim, não dava sensação de que os personagens corriam tanto perigo assim em suas mãos. O ator não chega a transmitir um aura de vilão e como não tem cenas musicais vinculadas a este ator realmente fiquei me perguntando se a Disney não tinha outras opções. Infelizmente isso foi algo que me incomodou já que o Jafar é um dos vilões mais impactantes para mim.


Dentro da sala de cinema eu realmente tive que conter o desejo de cantar as músicas do filme que me traziam uma nostalgia gigante. E ficava ainda mais difícil porque acho que Aladdin possui algumas das músicas mais bonitas e divertidas da Disney. Mesmo com pequenas alterações em algumas letras, elas não perderam sua essência. Já estava bem satisfeita com o musical já que as cenas foram muito bem executadas, mas a produção me surpreendeu com uma música nova da Princesa que ganhou meu coração de cara tanto pela letra quanto pela intensidade da atuação da atriz nesse momento.


Falando em novidades... Temos uma personagem nova! A Dalia é uma amiga da princesa que traz um alívio cômico tão natural que logo nos faz criar um carinho pela personagem.

O live action de Aladdin é um filme com belíssimas apresentações musicais, com aventura, romance, mantém as mensagens sobre o verdadeiro valor da felicidade e agradará tanto o público antigo quanto o novo.

Há o livro do filme e uma nova edição do conto clássico. Caso tenha interesse em adquirir clique nos links abaixo:

Aladdin - A História do Filme que Encanta Gerações : Amazon

Aladim - Nova versão do conto clássico : Amazon



Acompanhe nossas redes sociais
Biblioteca da RôFacebook  | Instagram | Skoob Twitter Youtube 
Aquela Geek: Facebook | Instagram | Twitter Youtube


Criadora do Aquela Geek e canal Biblioteca da Rô.
Biomédica e apaixonada por livros, séries e filmes.

You Might Also Like

0 comentários

Like us on Facebook