[Filme] Vingadores Ultimato - COM SPOILERS

11:01

E aí pessoal, tudo bem com vocês? Bom, comigo não está. Pois, simplesmente, é IMPOSSÍVEL se recuperar de Vingadores: Ultimato. Sim, eu sei, o longa estreou no dia 25 de abril nos cinemas brasileiros, mas acreditem: este filme entrou para a história.



Trazendo a primeira parte da finalização da 3ª fase do Universo Cinematográfico da Marvel - UCM - (que será finalizada efetivamente em Homem-Aranha: Longe de casa), Vingadores: Ultimato, no momento desta publicação, já atingiu mais de US$ 2 bilhões em arrecadação, ultrapassando Titanic e atingindo a marca de segundo filme com a maior bilheteria da história.

Obviamente, nós não poderíamos perder esse filmaço. E, se você ainda não assistiu, faça um favor para si. Vá AGORA ao cinema mais próximo e assista!


Agora, sem mais delonga, vamos a crítica do filme!


ATENÇÃO: A PARTIR DESTE PONTO SUA TELA IRÁ TRANSBORDAR DE SPOILERS DE VINGADORES:ULTIMATO. LEIA POR SUA CONTA E RISCO!!!!!


Como consertar o estalo?

Dentre todas as diferentes teorias que foram discutidas na internet, a de viagem no tempo pelo túnel quântico foi a utilizada neste filme, o difícil foi convencer a maior mente disponível a ajudar com o plano. Tony Stark, decidiu se aposentar após a ser resgatado pela Capitã Marvel. Ele queria apenas cuidar de Pepper Potts e de sua filha Morgan. Entretanto, após uma visita de Steeve, Natasha e Scott Lang (Homem-Formiga). Tony nega, mas após perder o sono e se lembrar que dessa forma pode trazer Peter Parker (Homem-Aranha) de volta, acaba se debruçando sobre a viagem quântica e descobre como ajudar, decidindo assim voltar para a equipe.

Evolução de personagens: 

Se há uma coisa que os irmãos Russo fizeram muito bem neste filme foi a evolução dos personagens. Para mim, os personagens que sofreram evoluções mais complexas foram a Viuva Negra, Thor, Nebulosa e o Gavião Arqueiro. Obviamente que podemos citar o Tony Stark, Steeve Rogers, Rocket Raccon, etc. Mas, esses quatro que vou explorar foram os mais marcantes para mim, visto que sua evolução foi mais acentuada neste filme, enquanto os outros já mostravam evolução de suas personalidades nos filmes anteriores do UCM.

Mal saem as propagandas e o choro já se instala no cinema. Logo no início vemos o Gavião (Clint Barton) em sua prisão domiciliar após os eventos de Vingadores: Guerra Civil. Este, inclusive, é o motivo de o personagem não ter aparecido em Vingadores: Guerra Infinita. O grande problema é que neste momento, Clint passa pelo estalo de Thanos, e perde sua família. Assim, sem entender o ocorrido e em desespero, Clint muda sua personalidade e se torna um assassino, conhecido como Ronin.


Para Natasha (Viuva Negra), os vingadores são sua única família. A que ela escolheu, a que ela lutou (literalmente) para manter unida em Guerra Civil, e para manter viva em Guerra Infinita. Natasha assume o Quartel General dos Vingadores enquanto Steeve frequenta grupos de auto-ajuda, tentando guiar as pessoas para a superação. Ela, mais que todos, se entristece com as notícias sobre Clint (que estava eliminando os cartéis e máfias pelo mundo) e acaba o encontrando em Tokyo.

Podemos ver uma relação de confiança mútua, e um profundo pesar de ambas as partes. Ao longo do filme, vemos Natasha ajudando Clint a manter-se consciente de que eles farão tudo para recuperar o que perderam. A amizade entre eles fica muito mais evidente. E piadas internas como os acontecimentos de Budapeste surgem.

Por fim, Natasha finalmente paga sua dívida de vida com Clint, e se sacrifica em pró de conseguir a joia da Alma, em Vormir. Esta cena em específico é muito emocionante, pois vemos ações altruístas de ambos os lados, um querendo que o outro sobreviva a todo custo, uma lealdade sem fim.


Outro ponto que marca o longa é a decadência de THOR. Ao início, vemos a equipe que restou dos vingadores, agora com a Capitã Marvel, Rocket e Nebulosa, ir atrás do Thanos para reverter o estalo. O plano era simples: atacar Thanos em seu Jardim, recuperar a manopla e as jóias, desfazer o estalo. Tudo corre bem, até encontrarem o Thanos e ele confessar que destruiu as jóias. Aqui começa a decadência de Thor. Ao descobrir que eles não poderiam desfazer o estalo, Thor arranca a cabeça de Thanos. Após este acontecimento, um período de 5 anos se passa. Durante este tempo, Thor criou uma Nova Asgard, um vilarejo com os asgardianos restantes. Ele porém caiu em uma depressão profunda, com a doença sendo muito bem retratada pelos diretores. Thor não deixou de fazer piadas, ou sorrir. Apenas perdeu a vontade de viver e se afundou em alcoolismo.

Thor começa sua recuperação apenas após visitar sua terra natal, Asgard, e rever sua mãe. E isso mostra que Chris Hemsworth é um ator genial, que consegue REALMENTE demonstrar um comportamento depressivo enquanto encena Thor. As expressões vazias no olhar e os sorrisos se assemelham muito ao de pessoas como Chester Bennington (ex-vocalista do Linkin Park) que se suicidou devido à depressão. Para mim, Ultimato trouxe uma excelente mensagem de alerta a todos. Pudemos ver a depressão na tela do cinema como ela é e que até as pessoas mais incríveis podem ser vítimas dela.



Já com Nebulosa (Karen Gillian), vemos uma continuidade da evolução desta personagem que foi a conexão para o plot twist final do longa. Após viajar no tempo pelo túnel quântico em sua missão com o Máquina de Combate (James Rhodes - Don Cheadle), Nebulosa sofre com uma interferência em seus circuitos, que a conecta a Nebulosa da linha temporal em que eles estavam. Sim, a partir deste ponto, duas Nebulosas fazem parte do filme. A nossa Nebulosa (que estava com Rhodes) após ser capturada e torturada é questionada pela Gamora (Zoe Saldana) desta linha temporal sobre o que acontecia com elas no futuro. A resposta é inesperada, porém mostra como Nebulosa se sentia em relação à Gamora: "Começamos a nos tornar amigas". De uma relação de pura rivalidade e ódio unilateral que partia de Nebulosa contra Gamora para a admissão de uma amizade entre irmãs. 



A conclusão:

A batalha final é um show de CGI. Personagens que não imaginávamos no combate como a Pepper usando a armadura Resgate, lutando ao lado de Tony, com todos os demais que foram revividos pelo estalo do Professor Hulk (Bruce Banner). Desde a franquia "O Senhor dos Anéis" que eu não via uma luta final com tantos altos e baixos, reviravoltas e personagens que tanto gostamos em um único lugar.

E O QUE FOI AQUELA CENA DO CAPITÃO USANDO O MJOLNIR CONTRA O THANOS?!?! ELE É DIGNOOOOO!!!!!!


E claro, o grande sacrifício de Tony Stark! Simplesmente não tem como não se emocionar! Tanto pelo ato em si como pela referência ao seu primeiro filme. O Homem de Ferro conquistou o público durante todos esses anos com sua inteligência, astúcia, tecnologia e piadas sarcásticas. Realmente é difícil se despedir, mas não consigo imaginar um final mais nobre do que este.



Naturalmente, não há como discutir ponto a ponto do filme, mas esses são aqueles que considerei mais importantes do ponto de vista da história do UCM, ou que me trouxeram mais surpresa/impacto emocional.

Ultimato é recheado de plot twists e você se vê torcendo cada vez mais pelos Vingadores. Você se sente como se estivesse lutando ao lado deles, comemorando cada conquista, sofrendo com cada perda, e com vontade de dar o próprio sangue em pró do objetivo final: reverter o estalo que dizimou metade da vida do universo. E a Marvel acertou ainda na dose de humor: o suficiente para quebrar a tensão do filme em pontos específicos, sem tirar a seriedade das situações em que os personagens se encontravam, diferente do que ocorria em alguns outros filmes, e que tiravam essa seriedade de algumas cenas de forma excessiva.

Para mim, este foi um belíssimo encerramento, de uma franquia que começou tímida em 2008, mas que ganhou o mundo com o carisma de seus personagens e por conseguir unir diversos filmes com enredos diferentes em uma única grande história.

A Marvel Studios, sem dúvida, levou os filmes de super-heróis a um nível nunca antes visto. E isso é só o começo! Estou ansioso pelo que está por vir!

E vocês, o que acharam do filme? Aproveitem que a temporada de spoilers já está aberta e vamos conversar sobre essa maravilha cinematográfica nas nossas redes sociais! Aguardo vocês lá!

Acompanhe nossas redes sociais:

Biblioteca da Rô:
Facebook | Instagram | Skoob Twitter Youtube
Aquela Geek:

Colaborador do Aquela Geek.
Nutricionista e admirador de filmes de ação e jogos de RPG.

You Might Also Like

0 comentários

Me siga no Facebook