[Resenha] O Último dos Magos - Lisa Maxwell

05:08




Em O Último dos Magos, a magia antiga está quase extinta e poucos são aqueles que ainda possuem afinidade com ela. Esses são denominados Mageus e sobrevivem escondendo quem são. Mas além de viverem às sombras, são prisioneiros de Manhattan. Qualquer Mageus que adentre a cidade se torna vítima da Ordem, organização que criou a Beira.

A Beira é um espécie de fronteira que permite apenas que Mageus entrem na cidade, mas aqueles que ousarem tentar sair terão sua magia drenada, algo que consequentemente acaba levando os Mageus à morte.

Esta (esse é o nome da protagonista) é aprendiz do Professor Lachlan, um velho Mageu que a adotou, criou e treinou para ser uma ladra de artefatos mágicos. O objetivo era ela se tornasse uma ladra perfeita e que sua afinidade mágica apenas aprimorasse as habilidades.


Agora, Esta recebeu sua missão final! Ela deve voltar no tempo e roubar o Livro, um artefato mágico que desapareceu e que acredita-se que contenha os segredos da Ordem e uma provável forma de destruir a Beira. A única pista que ela tem é que o Livro pode ter sido levado por um Mago.

Sendo assim, Esta viaja para o ano de 1902 com o intuito de cumprir sua missão, mas para isso ela precisa se infiltrar na gangue de Dolph Saunders e passar desapercebida perante a Ordem.

O último dos magos é um livro que lhe instiga a curiosidade logo no início, pois são apresentados vários personagens em cenas de anos diferentes e você quer entender como tudo se conecta.

A autora também escreve de uma forma que temos personalidades bem características e que fizeram eu me importar com todos. Apesar de uma estranheza no início com nomes tão peculiares e de nacionalidades diferentes aos poucos você se conecta aos personagens sem haver dúvidas sobre quem é quem. Outro ponto que me impressionou é que a escrita é tocante em momentos sensíveis, pois ela faz com que você se importe com a morte de personagens que conheceu brevemente.

O primeiro contato de Esta com um dos personagens me deu a ilusão que o livro perderia o foco e embarcaria em um romance, mas isso não acontece. Talvez isso possa ocorrer no futuro, mas será algo gradativo sem o famoso e repugnante "instalove".

Infelizmente a autora também peca! Com um livro dividido em quatro partes ela cria uma montanha russa de ritmo. A parte inicial sendo instigante, o meio extremamente lento e um final frenético.

As parte dois e três são muito extensas e em alguns momentos com situações desnecessárias tornando a leitura cansativa. Acredito que se o livro fosse reorganizada perderia pelo menos umas 100 páginas, pois em alguns momentos tive a sensação que a autora não sabia por onde levar a estória.

Em sua parte final, Lisa Maxwell parece ter sentido desespero para finalizar o livro elevando muito o ritmo de acontecimentos. Os problemas dos personagens se intensificam, segredos são descobertos, tudo corre em direção a solução e no gancho para o próximo livro em poucas páginas.

Eu gostei do livro porque tem diversos elementos que me agradaram: o sistema de magias, gangues e viagem no tempo. Entretanto pelos pontos negativos apresentados pode-se notar que ele não é isento de falhas. Estou curiosa pelo próximo volume, mas confesso que tenho receio de que possua essa inconstância de ritmo se tornando extenso e cansativo como o primeiro volume.

Caso tenha interesse em adquirir o livro, compre pelo link do blog. Você não paga NADA a mais por isso, mas colabora com a manutenção do blog e do canal.

➤O Último dos Magos (livro 1): Amazon
The Last Magician (livro 1): Amazon
➤The Devil's Thief (livro 2): Amazon



Acompanhe nossas redes sociais:

Biblioteca da Rô : Facebook  | Instagram | Skoob Twitter Youtube
Aquela Geek: Facebook | Instagram | Twitter Youtube


Criadora do Aquela Geek.
Biomédica e apaixonada por livros, séries e filmes.

You Might Also Like

0 comentários

Like us on Facebook