[Filme] Contos do Dia das Bruxas - Trick 'r Treat

07:31

ATENÇÃO AS REGRAS DO HALLOWEEN:

Vista uma fantasia 
Distribua doces 
Não apague um Jack o'Laterna 
Sempre confira os doce

QUEBRE AS REGRAS E PAGUE O PREÇO!



Oi, pessoal! Estão aproveitando o Halloween?

Hoje resolvi falar um pouco sobre um dos filmes que se passa no Dia de Halloween que eu adoro. Trick ‘r Treat (2008), dirigido e roteirizado por Michael Dougherty, veio ao Brasil com o título de Contos do Dia das Bruxas. Nos Estados Unidos, ele foi vencedor de vários prêmios de festivais dedicados em filmes de horror e fantasia, como Prêmio da Audiência no Screamfest 2008 para Michael Dougherty e Fangoria Chainsaw Award 2010 de Melhor Ator (Dylan Baker).

Como o próprio título nacional sugere, temos 4 contos e um prólogo que se conectam através de encontros entre os personagens e um menino misterioso com a fantasia de um saco na cabeça que faz uma aparição a todos os personagens. Seja apenas como observador ou ativamente presente na história.


O prólogo nos mostra um casal voltando para casa após uma noite Halloween que não parece ter sido tão agradável. Emma quer retirar toda a decoração de Halloween porque vai receber a mãe em casa no dia seguinte. Seu marido a adverte para não apagar as Jack o’Lanterna antes da meia-noite. É uma tradição! Emma deveria ter seguido o conselho do marido... Pois ela logo descobriria que as regras deveriam ser respeitadas.

Temos um diretor de colégio que comemora o Halloween de forma bizarra, quatro amigas em busca de diversão na festa da cidadezinha, um grupo de crianças procurando doces e abóboras e a história de um velho recluso e rabugento. As duas últimas foram as mais interessantes principalmente a das crianças. Estas estão decidas a pregar uma peça em uma colega de escola baseando-se em uma tenebrosa lenda local.


A premissa das histórias é simples, mas Contos de Dias das Bruxas consegue entrelaçar as histórias tão bem que o trailer parece não fazer jus ao filme. E mesmo essas histórias se conectando temos ângulos dos diferentes personagens onde eles não estão conscientes do que aconteceu aos outros.

Em todas essas histórias há uma mensagem sobre tradições que devem ser respeitadas, caso contrário haverá consequências. Todo o filme me lembrou aquele terror antigo dos anos 80 e 90 que tanto gosto. Nada muito assustador, mas ainda assim sombrios o suficiente para entrar no clima da data comemorativa. O único ponto que fez a classificação de faixa etária subir foi algumas cenas violentas e insinuações sexuais. O que indica um público específico: adultos fãs de terror antigo.

Se você é fã desse tipo de filme e já assistiu me conte nos cometários o que achou. E se você desconhecia, espero que tenha curtido a dica e depois de assistir volte aqui e me conte o que achou.

Espero que tenham gostado deste mês temático. Desejo a todos vocês um Feliz Halloween e muitos doces!

Acompanhe Aquela Geek nas redes sociais: Instagram | Twitter Facebook Skoob



Criadora do Aquela Geek.
Biomédica e apaixonada por livros e filmes.

You Might Also Like

0 comentários

Like us on Facebook